Lucro de Pasadena mata CPI da Petrobrás - O Cafezinho

O Cafezinho

sábado

16

agosto 2014

67

COMENTÁRIOS

Lucro de Pasadena mata CPI da Petrobrás

Escrito por , Postado em Economia

size_590_refinaria-pasadena-petrobra (1)

Quem acompanhou a cobertura do caso Pasadena feita por este blog não irá se surpreender com a notícia. A refinaria de Pasadena registrou lucro de US$ 130 milhões no primeiro semestre do ano. Os dados constam de relatório financeiro da Petrobrás divulgado para o mercado. Apesar de não citar o nome Pasadena, ela menciona o refino nos Estados Unidos, onde a única refinaria é  a de Pasadena.

A notícia, somada aos bons resultados da Petrobrás no primeiro semestre, aniquila a CPI da Petrobrás e pressiona o TCU a rever decisão que penalizava diretores por suposto prejuízo com a refinaria.

O cálculo é simples: se Pasadena lucrou isso em seis meses, pode lucrar mais de 200 milhões em 1 ano. Se pode lucrar tudo isso em um ano, pode pagar o 1 bilhão de dólares gastos pela Petrobrás para sua aquisição em menos de cinco anos.

O Cafezinho, desde o início, mostrou que a refinaria de Pasadena é um ativo interessantíssimo, por estar localizada no coração do eixo petrolífero do país mais rico do mundo.

E ficou ainda mais interessante com as recentes descobertas, ali mesmo no Texas, ao lado de Pasadena, de petróleo de xisto.

Aliás, essas descobertas podem ser usadas tranquilamente pela Petrobrás para explicar o aumento do preço da refinaria entre a sua aquisição pela Astra e a posterior compra pela Petrobrás. A Astra pagou US$ 360 milhões para comprar a refinaria que pertencia à Crown. Depois a Petrobrás acabou gastando US$ 1,2 bilhão para adquirir o controle de 100% da refinaria, incluindo aí despesas judiciais e bancárias.

Uma coisa é uma refinaria no Texas.

Outra coisa é uma refinaria, no Texas, ao lado de grandes reservas de petróleo de qualidade, vendido a baixo custo porque os EUA tem regras que dificultam a exportação de petróleo bruto.

É como comparar uma fazenda comum, sem nada de especial, e uma outra, com um aeroporto dentro.

Ou melhor, com um aecioporto.

Abaixo, o relatório da Petrobrás para o primeiro semestre de 2014.

sábado

16

agosto 2014

67

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

67 COMENTÁRIOS

  1. Anônimo
  2. hc.coelho
  3. sergio
  4. hc.coelho
  5. Vitor
  6. sergio conforti
    • jose mario rfb
      • Miguel do Rosário
        • jose mario rfb
          • sergio
  7. Maria Helena
  8. Wanduy Mendonça
  9. sergio
  10. amilcar toledo
    • Miguel do Rosário
      • Ricardo
  11. Euler
  12. Elinton
  13. ana paula s
  14. Navarro
  15. Quincas
    • José Carlos
      • José Carlos
  16. Jota Lopes
  17. virgilio
    • carlos
      • Virgilio